Homenagem a Miguel Levino


Desembargador Miguel Levino é homenageado no II Simpósio de Direito Processual Civil

O II Simpósio de Direito Processual Civil homenageou o desembargador aposentado, Miguel Levino de Oliveira Ramos. O objetivo do encontro foi discutir as novas operações processuais, visando dar uma maior celeridade ao processo civil. O evento foi aconteceu no dia 25 de agosto,  no auditório “Desembargador Francisco Floriano da Nóbrega Espínola”, do Fórum Cível de João Pessoa. 

O homenageado, por questões de saúde, foi representado pelos filhos, o juiz Wolfram da Cunha Ramos e os desembargadores; Márcio Murilo da Cunha Ramos (diretor da Escola Superior da Magistratura da Paraíba) e Abraham Lincoln da Cunha Ramos (Corregedor-geral da Justiça). Este último, representou o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior.

Logo em seguida a abertura do Simpósio pelo desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, foi exibido um vídeo, produzido pelo Núcleo de TV da Coordenadoria de Comunicação Social do TJPB, enfocando a trajetória do desembargador Miguel Levino, desde seu ingressou na magistratura, até o reconhecimento da carreira com a indicação para desembargador do Tribunal.

Em nome dos familiares do homenageado, falou o desembargador Abraham Lincoln que agradeceu, em seu nome e da sua família, a iniciativa dos organizadores do evento, na pessoa do advogado Donato Henriques, em homenagear o seu pai, pessoa que sempre foi infenso e arredio a esse tipo de homenagem, disse o desembargador.

Com relação ao evento, Abraham Linclon destacou que “esse simpósio ficou marcado na história  do Direito Processual Civil em nosso Estado, por ser uma oportunidade a mais que os operadores do direito têm de reciclar e atualizar os seus conhecimentos jurídicos na área processual civil”, ressaltou .

Em nome do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior, ele deu boas vindas aos participantes. “Espero que, ao iniciar o ciclo de palestras, possamos ficar cada vez mais ricos em conhecimentos, pelo alto nível dos conferencistas que por aqui irão passar”, assegurou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba, José Mário Porto disse: “É com muita satisfação que, em nome da advocacia paraibana, ocupo essa tribuna para falar da grandeza do homenageado que foi um dos maiores estudiosos da advocacia no Estado”. Na ocasião, foi entregue uma plaquete ao desembargador Miguel Levino.

O procurador da República Roberto Moreira de Almeida foi o primeiro conferencista a abrir o ciclo de palestras do II Simpósio de Direito Processual Civil. Ele abordou, na ocasião, as várias funções do Ministério Público Federal na Tutela Coletiva e sua legitimidade para atuar em todas as causas de sua competência.

Fonte: Ascom/Esma e TJPB