Lançamentos de livros e Revista marcarão as comemorações de 36 anos de criação da Esma

No final deste mês, a Escola Superior da Magistratura da Paraíba (Esma) completa 36 anos de fundação. Para comemorar a data, será realizada uma solenidade de lançamento de livros e da terceira edição da Revista da Esma ‘Direito, Política e Desenvolvimento’, com artigos inéditos. A comemoração será no auditório da Escola, em João Pessoa. A instituição de ensino é reconhecida pelo papel que presta a sociedade e a comunidade jurídica com formações e qualificações em diversas áreas.

O diretor da Esma, desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, se reuniu, na manhã desta sexta-feira (6), com as equipes acadêmica e administrativa para definir a programação. “São 36 anos de serviço vocacionado, na direção da educação de qualidade e na busca da formação e capacitação constantes de magistrados e servidores, além da comunidade acadêmica e jurídica”, disse.

A programação contará com o lançamento dos livros “Oligarquias do Vale do Mamanguape”, do desembargador Marcos Cavalcanti; “Perspectivas Luso-brasileiras na Resolução Alternativa de Conflitos”, do juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira e outros; e “Novas Poesias – Contos Prediletos – Crônicas Preferidas e Temas de Direito”, do escritor Everaldo Dantas da Nóbrega; dentre outros.

Também fará parte da solenidade a aposição de placas do Curso de Preparação à Magistratura (CPM) com Residência Judicial – Turma 2018.1 e da Especialização lato sensu em Gestão Cartorária Judicial, que foi a primeira formação promovida pela Esma como Escola de Governo.

Participaram da reunião a diretora adjunta, juíza Rosimeire Ventura Leite; os gerentes Paulo Romero (Acadêmico) e Magda Lygia (administrativa e financeira); e os supervisores Iran Filho e Rosa Virgínia.

Esma - A Escola é o braço acadêmico do Tribunal de Justiça da Paraíba e foi criada pela Resolução nº 05/1983 do Poder Judiciário estadual, de 21 de setembro de 1983, e publicada no Diário da Justiça de 25 de setembro do mesmo ano. A instituição de ensino, a segunda mais antiga da magistratura, nasceu sob os ideais do desembargador Almir Carneiro da Fonseca.

Por Marcus Vinícius/Ascom-TJPB