Esma prorroga as inscrições da especialização em Violência de Gênero até o dia 1º de outubro

Para atender pedidos de instituições representativas de servidores e magistrados do Poder Judiciário estadual, além de órgãos que compõem a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica, a direção da Escola Superior da Magistratura (Esma) decidiu prorrogar o prazo para as inscrições ao Curso de Especialização (Pós-Graduação Lato Sensu) em Violência de Gênero e Diversidade Humana, que vai se estender até o dia 1º de outubro.

Conforme informações junto a Gerência Acadêmica e de Formação e Aperfeiçoamento de Servidores, haverá realinhamento nos valores das mensalidades, de forma a permitir o preenchimento das 30 vagas ofertadas para magistrados e servidores e outras 20 vagas para profissionais indicados pelos órgãos da Rede de Enfrentamento.
 
Os interessados deverão realizar suas inscrições, exclusivamente, pela internet por meio do link https://forms.gle/8739qZxzj9tYrP6x8. Para a inscrição, o candidato deverá encaminhar, através do formulário eletrônico disponível no endereço eletrônico informado, os seguintes documentos digitalizados e no formato PDF: diploma de graduação, histórico escolar da graduação, CPF, RG, fotografia 3x4 e comprovante de residência atual.

O Curso será composto de 12 módulos: ambientação; diversidade, gênero e Direitos Humanos; gênero e interseccionalidades; violência de gênero e legislação; metodologia de pesquisa científica e de projeto de intervenção social; violência contra o público infanto-juvenil numa perspectiva de gênero; Feminicídio e Tribunal do Júri; gênero, Direito e sistema de Justiça; violência de gênero, políticas públicas e enfretamento; docência do ensino superior; seminário temático; e trabalho de conclusão de curso.

Por Marcus Vinícius