Webinário promovido pela Esma e Corregedoria tem 1.079 inscritos nas quatro séries

Notícia

Desde o mês de julho deste ano, a Escola Superior da Magistratura (Esma) e a Corregedoria Geral de Justiça estão promovendo em parceria o Webinário ‘Repensando Práticas Judiciais: Diálogos com Corregedoria e Esma’. Neste período, 1.079 inscrições foram realizadas para as primeiras quatro séries, de um total de oito edições, que ocorrerão até o mês de novembro.

A capacitação, que é destinada aos magistrados e servidores do Poder Judiciário estadual, busca discutir uma série de assuntos relacionados à gestão judiciária. As temáticas apresentadas foram as seguintes: ‘Sistemas de Pesquisas Patrimoniais - Ciclo I e II; Ferramentas de Gestão da Unidade Judiciária; e RPV's e Precatórios.

De acordo com o diretor da Esma, Desembargador Ricardo Vital de Almeida, os webinários visam suscitar questões e abordar aspectos práticos da atividade judicial, com temas sugeridos pela Corregedoria. “Essas temáticas tem sido um sucesso de público e também de desenvolvimento das melhores práticas judiciárias, que encontram nos webinários uma maneira de serem disseminadas.”, disse o diretor.

Para o Corregedor-Geral de Justiça, Desembargador Fred Coutinho, o webinário tem surtido enormes efeitos positivos. “Vê a participação de magistrados e servidores do nosso mundo jurídico cada vez mais se aprimorando e buscando novos conhecimentos, a respeito de temáticas vivenciadas no dia a dia de cada um, é muito importante.”, ressaltou o Desembargador Fred, que agradeceu ainda a diretoria da Esma e toda equipe da CGJ pela idealização desses eventos que fomenta discussões e esclarecer dúvidas. 

Neste mês, serão promovidos mais duas edições com os temas ‘Relações Interpessoais, Liderança e Cooperação no Ambiente de Trabalho, com data a definir’, e ‘Como Minutar Atos Ordinatórios e Decisões de Baixa Complexidade’, no dia 17 (sexta-feira) das 11h às 13h. 

Outros temas a serem debatidos ainda dentro da programação do webinário são: ‘Atuação dos magistrados e magistradas nos serviços extrajudiciais’; e ‘Tecnologias e comportamento humano’. Os eventos são transmitidos pela plataforma Zoom e pelo canal da Esma no YouTube, e as temáticas estão sendo ministradas por juízes e servidores do TJPB.

Por Marcus Vinícius