Site da Esma será lançado na 5a


Esma lança seu portal na noite do curso de Didier e Delosmar

O lançamento do site da Escola Superior da Magistratura da Paraíba (Esma/PB), “Desembargador Almir Carneiro da Fonseca, será lançado no dia da abertura do curso de aperfeiçoamento para juízes: “Processo de Execução: aspectos gerais e alterações do Código de Processo Civil”. O curso e lançamento do portal serão no próximo dia 17 (quinta-feira), às 18h, na própria Esma, localizada no Complexo Judiciário do Altiplano, João Pessoa.

Conforme o coordenador administrativo da Escola, professor Félix de Carvalho, o curso será oferecido, exclusivamente, para magistrados estaduais e vai até o dia 19, com carga horária de 20 horas-aula e será ministrado pelos professores doutores, Fredie Didier e Delosmar Mendonça. As aulas acontecerão na quinta-feira, das 18h30 às 22h; na sexta, das 8h às 12h20 e das 14h00 às 18h20; e no sábado, das 8h às 12h20.

O curso é uma promoção conjunta da Escola Superior da Magistratura e Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), sendo oferecidas 50 vagas. O diretor da Esma, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, e o presidente da AMPB, juiz Antônio Silveira Neto, decidiram que, na hipótese de o número de inscritos ser superior ao número de vagas oferecidas, será dada prioridade aos juízes das varas cíveis e, em seguida, aos das varas ecléticas, tendo em vista a temática a ser abordada no curso. Caso o número de juízes de varas cíveis inscritos seja superior ao número de vagas oferecidas, os 50 serão escolhidos por sorteio.

Caso o número de juízes de varas cíveis inscritos seja inferior ao número de vagas oferecidas, as vagas remanescentes serão preenchidas com os juízes inscritos de varas ecléticas, igualmente por sorteio. Ficou também decidido que os juízes que não puderem fazer o curso ficam automaticamente inscritos para o próximo curso, a ser realizado, provavelmente, no mês de novembro deste ano.

Portal – O portal da Esma é uma parceria da Escola Superior da Magistratura e o Tribunal de Justiça. O site foi desenvolvida pela Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do TJPB e   tem como jornalista responsável Fernando Patriota. “De imediato, nosso site tem um caráter jornalístico-institucional, onde os alunos e professores ficarão atualizados de tudo que acontece na Escola e no mundo jurídico”, disse o diretor da Esma, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos.

Por Fernando Patriota