Juíza da PB é uma das vencedoras do concurso de monografia da AMB


O tema é: “Educação para formação de Juízes-gestores: um novo paradigma para um judiciário em crise”

O Congresso da Magistratura Nacional começa nesta quinta-feira (28) e já rende frutos e boas notícias para o Tribunal de Justiça da Paraíba, isso porque uma das ganhadoras do concurso de monografias foi a Juíza paraibana, Higyna Josita Simões de Bezerra, da 2ª Vara Mista da comarca de Monteiro. Além de vencer o concurso de monografias, a magistrada irá defender no congresso três teses inscritas que foram aceitas pela comissão científica.


Com o tema “Educação para formação de Juízes-gestores: um novo paradigma para um judiciário em crise”, a juíza Higyna Bezerra foi vencedora da área III intitulada “Autonomia e gestão do Judiciário”, juntamente com outros três vencedores de outras três áreas: Guilherme Newton Dumont Pinto (RN), Gláucia Salsarella Pereira Foley (DF) e Roberto Portugal Barcellar (PR).


A monografia de Higyna Bezerra será publicada em livro da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB). A juíza também será homenageada em determinado momento do Congresso Nacional de Magistrados que ocorre em São Paulo.

No trabalho, a juíza propõe um meio de transformação do juiz-juiz em juiz-gestor, através da ministração de cursos obrigatórios de gestão jurisdicional pelas escolas da magistratura, sob a supervisão da Enfam (Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados).


Defendendo que através da educação voltada para a gestão administrativo-jurisdicional, os juízes habilitar-se-ão a usar conhecimentos administrativos na unidade judiciária com vistas à entrega com excelência da prestação jurisdicional e atingimento das metas previstas na Resolução nº 70/2009 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


Por Fernando Patriota