Júlio Paulo Neto se despede do TJ


Desembargador Júlio Paulo Neto se despede do Tribunal de Justiça durante sessão plenária

No final da sessão do Tribunal Pleno desta quarta-feira (30), os membros da Corte, por unanimidade, prestaram homenagens ao desembargador Júlio Paulo Neto, destacando a marca do magistrado, como sendo um homem que sempre soube fazer e conservar amigos. Desejaram saúde, felicidades junto à família e êxito nas novas conquistas. Júlio Paulo Neto se aposenta por tempo de serviço nesta quinta-feira (01).


O Decano do Tribunal de Justiça, desembargador Antônio de Pádua Lima Montenegro, deu início aos pronunciamentos. Fez um relato desde quando conheceu o homenageado e ressaltou fatos marcantes da sua juventude. “Vai se aposentar, mas continua sendo um jovem de espírito”.


O desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira falou em seu nome e em nome da Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB), representando seu titular, juiz Antônio Silveira Neto. “Vossa Excelência é um homem conciliador, de fino trato, além de saber enfrentar a vida com engenhosidade”.


O secretário-geral do TJPB, Robson de Lima Cananéa, também agradeceu a oportunidade de ter trabalhado junto com o desembargador Júlio e em nome de todos os servidores do Tribunal disse que o homenageado sempre soube conduzir com muita sabedoria e zelo todos os cargos que exerceu e, em especial, a Presidência deste Poder.


Robson Cananéa também recitou uma poesia de Carlos Drummond de Andrade, intitulada 'Desejos', escolhida pela desembargadora Maria de Fátima Moraes Bezerra Cavalcanti para o homenageado.


O procurador-geral de Justiça, Osvaldo Trigueiro do Valle Filho, ressaltou a personalidade do desembargador Júlio, destacando os primeiros passos que o homenageado deu, enquanto membro do Ministério Público, para uma democracia, permitindo que o representante do MP fosse escolhido pelos seus pares. “Aprendi a admirar Vossa Excelência e a seguir seus passos como administrador. Sinto-me orgulhoso por sempre fazer parte da sua equipe, pelo senhor ter me dado a oportunidade de ser hoje quem eu sou”.


Pela Ordem dos Advogados do Brasil, seccional da Paraíba, se pronunciou o advogado José Ricardo Porto, que fez uma retrospectiva da trajetória profissional do desembargador Júlio Paulo Neto. Destacou, ainda, a personalidade do homenageado  no tocante a forma de tratar os amigos. “Vossa Excelência é um campeão olímpico na área profissional. Um magistrado simples, humilde e corajoso. Receba o abraço da Ordem e a reivindicação para que retorne aos nossos quadros”, concluiu.


O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior, agradeceu ao homenageado, em nome do Poder Judiciário estadual, pelos relevantes serviços prestados ao Judiciário paraibano. “Seu nome vai ficar indelével. “Quero dizer a Vossa Excelência que o senhor termina sua missão no Judiciário, mas não sua missão de vida, que continuará sendo muito feliz, pois o grande bem da vida é a felicidade e o estado de espírito e, isso, o senhor é bem aquinhoado”.


Por último, falou o homenageado, que começou seus agradecimentos pela sua esposa: “Berenice  é minha estrela, minha luz, meu amor. Com ela sou forte e me sinto como um leão para lutar pela vida”. Em seguida, Júlio Paulo Neto disse que jamais vai esquecer este momento. “Essas homenagens me confortam, para que continue meu trabalho lá fora. Sou feliz, porque deixei minha história por onde passei, tanto no Ministério Público, como no TJ e no Tribunal Regional Eleitoral. Saiu alegre, feliz, porque sei que cumpri com a minha missão, mas ao mesmo tempo triste, por deixar essa convivência com todos vocês. Adoro essa vida de fazer amigos”, finalizou 'Julhinho', como é tratado carinhosamente por todos os seus amigos.

Fonte: Codecom/TJPB