Semana Nacional de Conciliação 2009


Deve ser a melhor desde 2006

A reunião de trabalho do Movimento pela Conciliação, que aconteceu em Brasília nessa quarta-feira (4), contou com a participação de juízes responsáveis pelas atividades de conciliação e assessores de imprensa de todos os tribunais brasileiros. Na abertura do encontro, a conselheira Morgana Richa, presidente da Comissão de Acesso à Justiça e Cidadania do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), disse que “para este ano, a expectativa é de resultados ainda melhores do que o ano passado, à medida que se possa trazer para a conciliação uma somatória de esforços de todo o Judiciário brasileiro”.


O evento teve como meta apresentar a campanha institucional e outros assuntos a respeito da 4ª Edição da Semana Nacional de Conciliação, agendada para o período de 7 a 11 de dezembro. A convocação dos assessores de comunicação foi para ressaltar a importância da divulgação das atividades de conciliação nos estados. O Tribunal de Justiça da Paraíba foi representado pelo juiz titular da 2ª Vara de Família da comarca de João Pessoa e coordenador da Conciliação no Estado, Sivanildo Torres Ferreira, e pela coordenadora de Comunicação Social do TJPB, jornalista Cristiane Rodrigues.


Os palestrantes mostraram ao público presente a importância das parcerias para o êxito da Semana Nacional de Conciliação.  Para o desembargador Marco Aurélio Buzzi, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina,  integrante do Comitê Executivo do Movimento pela Conciliação, as parcerias que o CNJ vem realizando têm sido de extremo valor para um resultado positivo. “A conciliação deve ser trazida para a rotina do Judiciário o ano inteiro", concluiu.


Conforme a conselheira Morgana Richa, em 2008 cerca de 70 milhões de processos foram distribuídos no Judiciário. "Embora isso demonstre confiabilidade na instituição, ao mesmo tempo mostra que há um excesso de demandas e que é necessário estabelecer uma cultura em que as partes, orientadas pelo Judiciário, possam encontrar uma solução em que todos ganhem", ressaltou.


A Semana Nacional da Conciliação foi criada em 2006, com a finalidade de abreviar o tempo de duração do processo e prevenir a instauração de demandas.


Fonte: Condecom/TJPB