Desembargador Marcos Cavalcanti recebe Título de Cidadão Jacaruense

O desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque, que é diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), foi agraciado, nesse domingo (2), com o Título de Cidadão Jacaruense. O autor da propositura foi o vereador Peron Bezerra Pessoa Filho, e a comenda foi entregue durante a sessão solene promovida pela Casa Legislativa e pela Academia de Letras, Ciências e Artes do Vale do Mamanguape, em alusão ao 58º aniversário de emancipação política do Município de Jacaraú.

 

Na ocasião, os desembargadores José Aurélio da Cruz e José Martinho Lisboa foram homenageados com a Comenda do Mérito Cultural “José Fernandes de Lima”.

 

Emocionado, o desembargador Marcos Cavalcanti agradeceu pela honraria deferida pela Câmara Municipal, e, em especial, ao vereador autor da propositura, Peron Filho. “O Vale do Mamanguape tem 12 municípios e eu tenho a cidadania de quase todos. Sendo assim, é motivo de muito orgulho, em receber esse título, porque a região envaidece muitos seus filhos pelo seu passado de glória e sua rica história de homens ilustres que engrandecerem a Paraíba e o país, seja na política, na literatura, na poesia, no Direito e no sacerdócio”, disse o desembargador Cavalcanti.

 

A solenidade contou com a presença da vice-governadora, Lígia Feliciano; do prefeito de Jacaraú, Elias Costa Paulinho Lucas; do presidente da Casa Legislativa local, Luiz Valério dos Santos; do deputado federal Damião Feliciano; além de parlamentares de Jacaraú, prefeitos da Região do Vale do Mamanguape e outras autoridades.

 

Biografia - Natural de Mamanguape, o desembargador Marcos Cavalcanti é formado pela Universidade Federal da Paraíba, iniciou a carreira como advogado, procurador da Arquidiocese da Paraíba. Antes de ingressar na Magistratura, foi promotor de Justiça, nomeado em 1981. Ingressou no Judiciário em 1983, como juiz de Direito na comarca de Belém.

O magistrado passou pelas comarcas de Mamanguape, Campina Grande e João Pessoa. Em todas elas foi, também, juiz eleitoral, tendo sido juiz coordenador da propaganda eleitoral nos dois maiores colégios eleitorais do Estado.

 

Na Capital e em Campina Grande foi membro e presidente da Turma Recursal do Juizado Especial Cível. Juiz Substituto e Titular do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, por dois biênios, com início no ano de 2000.

 

O desembargador já exerceu o cargo de corregedor regional Eleitoral por três anos consecutivos e o de juiz diretor do Fórum Cível da Capital. Como juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública da Capital, foi convocado por diversas vezes para substituir desembargadores no Tribunal de Justiça, integrando as Câmaras Cíveis, a Criminal e o Tribunal Pleno. Promovido, por merecimento, ao cargo de desembargador, tomou posse no dia 11 de abril de 2007.

 

Em 2012, o desembargador Marcos Cavalcanti presidiu o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e em 2013, o magistrado foi empossado na cadeira 17 da Academia Paraibana de Letras (APL). Desde de fevereiro de 2018, o magistrado é o diretor da Esma.

 

Por Marcus Vinícius/Gecom-TJPB