Juiz Hugo Gomes Zaher é eleito presidente do Fonajup para o período 2020/2022

Nesta segunda-feira (26), o coordenador Acadêmico de Ensino à Distância da Escola Superior da Magistratura (Esma) e juiz auxiliar da Infância e Juventude da Comarca de Campina Grande, Hugo Gomes Zaher, foi eleito presidente do Fórum Nacional da Justiça Protetiva (Fonajup) para o período 2020/2022. A votação, que contou com a participação de magistrados dos 26 estados e do Distrito Federal, ocorreu durante a 8ª edição do evento, transmitido virtualmente pelo aplicativo Zoom.

O magistrado tomou posse on-line. Na oportunidade, ele ressaltou que recebia com muita alegria, entusiasmo e senso de responsabilidade à confiança depositada pelos seus pares.“Darei continuidade à atuação das mesas diretoras anteriores, sobretudo no fomento do espaço específico para debates, troca de experiências, participação e acompanhamento das propostas legislativas e da implementação de políticas públicas em matéria protetiva da criança e do adolescente”, disse o juiz Hugo Zaher, que substitui o juiz Haroldo Luiz Rigo (TJSE) à frente do Fórum.

Durante o evento, Hugo Zaher foi o facilitador de um painel sobre “Comunidades terapêuticas e o tratamento por dependência química de crianças e adolescentes”. “Uma regulamentação do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad) de julho deste ano tem suscitado discussões acerca do acolhimento de adolescentes em situação de drogadição em comunidades terapêuticas e a comunidade jurídica discute se é cabível ou não este tipo de acolhimento. Estamos com boas expectativas em relação ao Fórum, tendo em vista que as discussões serão bastante importantes”, comentou.

O Fonajup é destinado aos juízes da área da Infância e da Juventude de todo o País e tem a finalidade de congregar os magistrados e fomentar a discussão dos assuntos mais relevante do momento.

Programação -  O evento foi iniciado às 9h30, com mesa de abertura que contou com o ex-presidente da Abraminj, desembargador José Antônio Daltoé. Foram abordadas as atualizações da comissão legislativa, feita pela vice-presidente de assuntos legislativos da AMB, juíza Elayne da Silva Ramos Cantuária. Após o painel, foi a vez da pauta administrativa, coordenada pelo juiz do TJSE, Haroldo Luiz Rigo.

Por Marcus Vinícius/Gecom-TJPB